segunda-feira, 14 de março de 2016

CRÔNICA DO "TROFÉU ORFEU 2016" PROMOVIDO PELA ACADEMIA DIVINOPOLITANA DE LETRAS


Por Francisco José dos Santos Braga


Esta crônica é dedicada "in memoriam" à ProfªAdriane Lúcia Santana, cantora, grande mestra de violão e diretora da Escola "Sementes do Amanhã", e que por primeiro anunciou o agraciado do Troféu Orfeu 2016 em 11/03/2016 (segunda noite do evento)
Troféu Orfeu 2016, obra do artista Vicente Tarcísio Batista


Uma boa iniciativa tem sempre a perspectiva de uma vida longa. É com estes votos que inicio a crônica que se propõe a relatar o TROFÉU ORFEU, uma iniciativa da ADL-Academia Divinopolitana de Letras, promotora do evento com esse nome, desde quando o seu presidente era o poeta Augusto Ambrosio Fidelis, em 2015, ano em que ocorreu a 1ª edição do evento. Naquele ano, após cinco gestões à frente da ADL, Augusto Fidelis entendeu conveniente dizer "muito obrigado" a todos que o ajudaram, de forma visível. Para tanto, encarregou o artista plástico Vicente Tarcísio Batista, residente em Carmo do Cajuru, patrocinado pela Gerdau, para confeccionar o referido troféu, feito que se repetiu em 2016. A repetição do Troféu Orfeu em 2016 era esperada, já pela enorme repercussão da 1ª edição, já pela expectativa dos candidatos a agraciados em número crescente. É, portanto, a segunda vez que Augusto Fidelis ocupa o cargo de Gerente de Cerimonial do evento. Também é conhecida a sua habilidade de idealizar projetos importantes para o Município de Divinópolis, tal como o "Cidade Amiga", sendo igualmente inesquecível a sua atuação à frente da Comissão Organizadora das Festividades de Divinópolis por ocasião do 102º Aniversário do Município de Divinópolis ¹.
Acadêmico AUGUSTO FIDELIS, idealizador e expoente máximo do TROFÉU ORFEU

Na sua primeira edição, denominada "Troféu Orfeu da Comunicação", a comenda entregue pela ADL ocorreu em 11 de fevereiro de 2015 no plenário da Câmara Municipal e homenageou 25 órgãos de imprensa falada e escrita de Divinópolis. Todos os agraciados foram unânimes em reconhecer que o prêmio aumentou a visibilidade de seu trabalho de comunicação, que, em princípio, deve não só estar a serviço do bem da comunidade, como também informar com imparcialidade e responsabilidade. 

Na atual segunda edição, denominada TROFÉU ORFEU 2016, Augusto Fidelis foi indicado pelo presidente da ADL, o poeta João Carlos Ramos, para permanecer à frente da organização do evento, agora ampliado para duas noites festivas no plenário da Câmara Municipal, desta vez homenageando os expoentes da comunicação em Divinópolis e demais colaboradores da ADL no primeiro dia (10/03/2016) e as pessoas que se destacaram em meio à comunidade artística e cultural no segundo dia (11/03/2016).

EVENTO DO DIA 10/03/2016: FESTA DOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO E DEMAIS COLABORADORES DA ADL

Sob o comando do mestre de cerimônias Sílvio França, foi dado início ao evento, com agradecimentos de praxe, seguidos de breve discurso do presidente da ADL, Acadêmico João Carlos Ramos.

Pela sua importância histórica dessa peça literária e por ser seu autor testemunha ocular das principais lutas para a idealização e concretização do Troféu Orfeu, acredito que seja relevante reproduzir aqui o discurso do Acadêmico João Carlos Ramos "ad perpetuam rei memoriam":
Digníssimas autoridades presentes.
Confrades e confreiras.
Ilustres representantes da imprensa a serem agraciados.
Senhoras e Senhores!  
Agradeço primeiramente a Deus que me permitiu viver para contemplar as estrelas desta noite memorável. O TROFÉU ORFEU é fruto da genialidade do imortal escritor Acadêmico Augusto Fidelis, quando ocupava o honroso cargo de Presidente da Academia Divinopolitana de Letras. 
Oriundo de uma necessidade de agradecimento a todos aqueles que apoiaram a causa acadêmica, hoje Divinópolis pede Bis e aqui estamos mais belos e fortes. No raiar de 2016, nomeamos o idealizador do TROFÉU ORFEU, Augusto Fidelis, como Presidente da COMISSÃO ORGANIZADORA e o Dr. Fernando Teixeira, Secretário-Geral da ADL, como membro, este que vos fala como Supervisor Geral, com o apoio total do plenário da Instituição.  
Entre esperanças e flores, agradeço a toda a imprensa divinopolitana aqui representada. Agradeço aos nobres colegas da ADL pelo apoio irrestrito. Agradeço ao Presidente da Academia Formiguense de Letras, Paulo José de Oliveira pela presença. De forma especial agradeço ao Acadêmico Dr. Francisco Braga, pianista e maestro de renome, e à sua esposa, a cantora lírica Rute Pardini, que adiaram viagens internacionais para abrilhantarem nossa noite. Muito obrigado ao Presidente da Câmara Municipal, Rodrigo Kaboja, e ao Chefe do Executivo Vladimir de Faria Azevedo, aqui representado pelo Vice-Prefeito, Rodrigo Resende, pelo apoio indispensável. Agradeço ao povo divinopolitano, amante da cultura, e a todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para a organização do evento. Meu abraço ao Agente Cultural Sérgio Resende e demais colegas de trabalho da Biblioteca "Ataliba Lago" pelo apoio.  
As estrelas são testemunhas do meu amor a todas as mulheres presentes e aproveito o momento para também homenageá-las, estendendo um pouco mais o dia 08 de Março, pois, sem elas, não estaríamos aqui. Sejam todos bem-vindos!  
Declaro aberta a solenidade de ouro da Academia Divinopolitana de Letras, ORFEU/2016.  
Obrigado!  
João Carlos Ramos - Presidente da Academia Divinopolitana de Letras 
A seguir, falou, em nome do Prefeito Municipal Vladimir de Faria Azevedo, o seu Vice-Prefeito Rodrigo Rezende.

Como primeira performance da noite, foi convidada a contadora de histórias de Pará de Minas, Júlia Oliveira Cruz, de 7 anos, declamando o poema "Bendito", da Acadêmica Conceição Cruz, tendo sido muito aplaudida.

Em seguida, Sílvio França anunciou que recebia com carinho a cantora lírica Rute Pardini, divinopolitana residente em São João del-Rei e Brasília. Informou ser Rute bacharel em Música, com habilitação em Canto Lírico pela UnB. Lembrou que, quando ainda residia em Divinópolis, Rute tomou aulas de técnica vocal com o Prof. Sebastião Bispo dos Santos, tendo pertencido ao Coral Nossa Senhora de Fátima, do Maestro Licurgo Leão Silveira, e ao coral Divinópolis, da Maestrina Djanira Luíza dos Santos, ressalvando que esses eram pequenos detalhes de seu extenso currículo. Conforme Sílvio França, "Rute é 'prata da casa' e nesta noite homenageará o Troféu Orfeu 2016 com uma ária da ópera 'Orfeu e Eurídice', de Gluck: Ato III, Cena 1, intitulada 'Che fiero momento'. Com vocês, Rute Pardini, acompanhada em todo o recital por seu esposo, o 'Maestro' Francisco Braga."

Dando início ao recital preparado especialmente para aquela noite, Rute Pardini cantou inicialmente "As Pombas", com música de Chiquinha Gonzaga e versos de Raimundo Correia,  tendo sido muito aplaudida, razão por que disse algumas palavras enaltecendo o trabalho de Chiquinha Gonzaga à frente da SBAT-Sociedade Brasileira de Autores Teatrais, como grande pioneira na defesa dos direitos autorais. Lembrou que a compositora brasileira era tão responsável nesta missão que chegou a viajar à Alemanha para reivindicar direitos autorais não reconhecidos pelas editoras alemãs àquela época. Sem mais delongas, acenou a Francisco Braga para iniciar a introdução instrumental  da segunda peça, do compositor Gluck: "Che fiero momento!" ².





















Apresentação de "As Pombas" obteve aplausos efusivos da plateia, de pé. 
À frente, a contadora de histórias Júlia Oliveira Cruz, de 7 anos de idade.

Após essa apresentação inicial, o cerimonialista passou às homenagens dedicadas aos colaboradores oriundos da mídia e autoridades municipais, pedindo ao Presidente da ADL para se posicionar para receber os convidados.

Para anunciar os agraciados pelo Troféu Orfeu neste ano de 2016 foram convidados neste primeiro dia: a radialista Ana Paula Silva, do programa "Panorama Geral", da rádio Divinópolis; Antônio Carlos Lima, repórter fotográfico da Diretoria de Comunicação da Prefeitura; Antônio Carlos Silva, Diretor-proprietário da Escala Turismo; Clay Abreu, Diretor-presidente da Agência Capp Publicidade e Propaganda; Welber Skaull Tonhá e Silva (diretor do Museu Histórico de Divinópolis); a Acadêmica Conceição Cruz; Evandro Pereira Araújo, Diretor de Comunicação da Prefeitura de Divinópolis; Flávio Ramos, Secretário-Geral da Câmara Municipal; o Acadêmico Márcio Zacarias Lara; Marco Túlio Fontes de Castro (Relações Públicas da Prefeitura de Divinópolis). 

Os homenageados da mídia com a entrega do Troféu Orfeu 2016 neste primeiro dia foram: Jornal Agora (representado por Sônia Terra); Gazeta do Oeste (representada pela editora-chefe Carina Lelles); Divinews (representado pelo diretor Geraldo Passos); Sistema MPA-Rádio Minas, Castelo e Nova (representado por Sílvio França); rádio Divinópolis/Candidés (representadas por Adriano Silva); Rádio Sucesso (representada por Tiago Malta e Pedro Magalhães de Faria Júnior); TV Integração (representada por Ana Tereza Arruda); TV Alterosa (representada por Naiara Azevedo); TV Candidés (representada por Flaviano Cunha); Paulo José de Oliveira (presidente da Academia Formiguense de Letras); Nelson Porto; Marco Aurélio Braga; Zélia Brandão Vieira; Gisele Souto; Juliano Vilela; Dirlene Magalhães; Vereador Rodrigo Vasconcelos de Almeida Camboja; e Prefeito Vladimir de Faria Azevedo (representado pelo Vice-Prefeito Rodrigo Resende).

Anunciando um breve intervalo musical, convidou mais uma vez a cantora lírica Rute Pardini acompanhada pelo "Maestro" Francisco Braga. Nesta segunda parte do recital, foram apresentadas duas outras peças: "Ombra mai fu" (recitativo e ária), de Haendel ³, e "O mio babbino caro", de Giacomo Puccini .



















Rute Pardini agradecendo os aplausos...



















Por último, cabe observar que fui surpreendido pela presença da Sra. Laurinda Ferreira de Souza na plateia, que compareceu à entrega dos troféus e prestigiou o recital da cantora Rute Pardini. Ao apresentar-se, manifestou seu desejo de que eu conhecesse um seu trabalho de pesquisa em que aparece como coautora ao lado de Helena Alvim Ameno, intitulado "A herança teatral em Divinópolis", parte integrante de um livro chamado "Divinópolis: História e Memória - volume 3: Economia e Cultura", organizado por Leandro Pena Catão, João Ricardo Ferreira Pires e Batistina de Souza Corgozinho e editado em 2015 pela Crisálida Editora de Belo Horizonte. A Sra. Laurinda decidiu conhecer-me pessoalmente, após saber do meu profundo interesse de analisar a produção intelectual de sua saudosa irmã Batistina de Souza Corgozinho (2013) e do meu respeito por esta grande historiadora e socióloga, professora e coordenadora do Centro de Memória da Funedi/Uemg durante 36 anos. Além desse livro, em que Batistina figura como organizadora, a Sra. Laurinda doou-me outros livros da autoria de sua saudosa irmã sobre a história e a memória do Centro-Oeste Mineiro.
Escritora Laurinda Ferreira de Souza e cantora Rute Pardini

EVENTO DO DIA 11/03/2016: FESTA DA COMUNIDADE ARTÍSTICA E CULTURAL

Sob o comando do mestre de cerimônias Sílvio França, deu-se continuidade ao evento, com agradecimentos de praxe, destacando a presença ilustre do Secretário de Estado da Cultura, Dr. Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, no recinto, o qual se fazia acompanhar pelo Vereador Edmilson João de Andrade.

Sendo-lhe franqueada a palavra para cumprimentar a seleta plateia presente ao plenário da Câmara Municipal de Divinópolis, Dr. Ângelo Oswaldo proferiu discurso em que fez uma revisão histórica das Academias de Letras no mundo e deu uma visão panorâmica da Academia Mineira de Letras, da qual é membro efetivo, destacando seus principais projetos que procuram aproximar essa Casa de Cultura literária ao povo, nos moldes do projeto da ADL que estava vendo em plena execução, digno dos seus mais sinceros elogios: o TROFÉU ORFEU. 
 
Para anunciar os agraciados pelo Troféu Orfeu neste ano de 2016 que obtiveram especial destaque em meio à comunidade artística e cultural, foram convidados: Adriane Lúcia Santana (diretora da Escola de Violão Sementes do Amanhã); Maiher Menezes (professor na Escola de Dança Maiher Menezes); Acadêmica Aparecida Camargos; Acadêmico Augusto Ambrosio Fidelis; Carlos Eduardo Moreira e Suzi Moreira (casal diretor do Trio de Cordas Minueto); Acadêmica honorária e teatrólogo Cidah Viana; professora de piano Érika Lauar; Acadêmico Fernando de Oliveira Teixeira; Acadêmico Joaquim Medeiros de Oliveira; Acadêmico Francisco José dos Santos Braga; João Batista da Silva (representando a Secretaria Municipal de Esporte e Juventude); e, finalmente, José Carlos Gonçalves e Sânia Gonçalves (respectivamente, maestro e soprano do Coral Municipal de Divinópolis). 

Os homenageados da comunidade artística e cultural com a entrega do Troféu Orfeu 2016 neste segundo dia foram: Gerdau (representada por Conceição Maciel), Maria de Lourdes Martins; Foricultura Saito (representada por Derci Maria de Freitas); Telma Alves; Tenente-Coronel Marcelo Carlos da Silva; Centro Franciscano de Formação e Cultura (representado pelo Acadêmico Fernando de Oliveira Teixeira); Maria Cristina Marçal e Daniela Cristina Marçal; Elmo de Azevedo Fernandes; Cláudio Gonçalves Guadalupe; Geisa Aparecida Grego; Gustavo Mendes Martins (Secretaria Municipal de Cultura); Maria Cecília Guimarães Santos; Rute Pardini; Samira Santos Cunha; Andreia Martins Amaro; Marco Antônio Pinto Silva (Sintram); Marcelle Alessandra Sousa Costa (ex-estagiária que prestou serviço à ADL); Rafael Mesquita (Grupo Seresteiro do Amor); Welder Henrique Miranda (Banda de um homem só); e Welber Skaull Tonhá e Silva (diretor do Museu Histórico de Divinópolis).
Presidente João Carlos Ramos, cantora Rute Pardini e seu padrinho Maiher Menezes, professor de dança e diretor-proprietário da Escola de Dança que leva o seu nome



Durante a entrega dos troféus aos agraciados acima citados, o mestre de cerimônias anunciou dois intervalos musicais e, para tanto, convidou primeiramente o Coral Municipal de Divinópolis, sob a regência de José Carlos Gonçalves, que brindou a plateia com três peças corais na seguinte ordem de apresentação: Hallelujah, de Leonard Cohen; We are the champions, de Fred Mercury; e Oh Happy Day, de Edwin Hawkins.

Tive a grata satisfação de ser o "padrinho" de Geisa Aparecida Grego, bibliotecária da Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago.  Comentei que Geisa era pessoa muito merecedora do troféu, porque sempre prestou inestimável apoio à Academia Divinopolitana, quer durante o período em que foi Chefe do Setor de Biblioteca, quer atualmente mesmo sem o cargo de chefia. Também, na sua pessoa, cumprimentei todos os bibliotecários pelo Dia do Bibliotecário, que, no Brasil, é comemorado no dia seguinte à entrega do troféu (12 de março) em todo o território nacional.
À esq. no fundo, Augusto Fidelis; à frente, João Carlos Ramos, Geisa Aparecida Grego e o autor

Em seguida, foi convidado para subir ao palco o grupo coral e instrumental "Os Seresteiros do Amor", cuja diretora, Maria Augusto de Carvalho Mesquita, estando em viagem, foi representada por seu marido, o odontólogo Rafael Mesquita. O referido grupo brindou a plateia com três peças: Além do arco-íris, música de Harold Arlen e letra de Judy Garland; Luar do Sertão, de Catulo da Paixão Cearense; e Sabiá, de Luiz Gonzaga.
Da esq. p/ dir.: Ten Cel Marcelo, Rute Pardini e o autor, Comandante 
do 23º Batalhão PM
Ten Cel Marcelo Carlos da Silva e sua esposa Sidelme
 
Rute Pardini e o Secretário-Geral da ADL, Prof. Fernando Teixeira
Cerimonialista Sílvio França, Rute Pardini, seu troféu e Francisco Braga
Acadêmico Mercemiro Oliveira e Rute Pardini
Diploma de Honra ao Mérito concedido a Rute Pardini em 11/03/2016, "em reconhecimento e gratidão ao apoio dispensado ao Sodalício (ADL), durante o ano de 2015".






NOTAS EXPLICATIVAS


¹  Tive a honra de participar da programação oficial de tais comemorações, no dia 23 de maio de 2014, na qualidade de comentarista ou analista musical de dois quartetos, da autoria dos grandes compositores Smetana e Ravel, executados pelo Quarteto Libertas, de Belo Horizonte, numa promoção conjunta da ADL e das instituições  CREA-MG, CREA-Cultural e Comissão OAB Cultural, o que pode ser conferido in  http://www.sistemampa.com.br/radiominas/confira-a-programacao-de-aniversario-da-cidade/

²  Apesar das consagradas versões de Monteverdi e Peri, Gluck recorre novamente ao roteiro de como Orfeu, filho de Apolo e da musa Calíope, traz de volta Eurídice para o mundo dos vivos. Orfeu enfrenta os mundos ínferos para recuperar a amada, com a imprescindível ajuda da música apaziguadora de almas atormentadas.
A estreia de "Orfeu e Eurídice" se deu com enorme sucesso em 5 de outubro de 1762, mas ficou sem representação, do ano seguinte até 1769. Esse fato levou Gluck, em 1769, a uma primeira revisão em Parma: apresenta-a sem um único intervalo e com a parte destinada ao castrato contralto transposta para um castrato soprano. Por fim, em 1774, Gluck submete ainda a partitura a uma revisão para ser encenada pela Academia Real de Música de Paris: transpõe e adapta o papel de Orfeu para a voz de "haute-contre" (um tipo raro de voz tenor, cultivada na França desde o barroco, principalmente para a interpretação de papéis de solo masculino, habitualmente os heróicos); altera a orquestração para torná-la mais grandiosa; inclui novas peças, vocais e instrumentais; e encomenda um novo libretto para ser cantado em francês. Com essas modificações, logrou torná-la a sua obra mais popular.
A ária "Che fiero momento" é um dueto para os intérpretes de Orfeu e Eurídice, portanto modernamente para soprano e mezzo (ou tenor), mas sopranos em geral preferem interpretá-la solo, por sua intensidade psicológica, de modo a realçar todo o conteúdo musical dessa peça que traz grandes gradações de interpretação para a personalidade feminina, variando do dramático ao lírico meditativo. Normalmente, também, a soprano dispensa o recitativo para essa ária, cuja letra se inicia com a seguinte reflexão:
Recitativo: Qual vita è questa mai
che a vivere incomincio!
E qual funesto, terribile secreto Orfeo m'asconde!
Perchè piange e s'affligge?
Ah, non ancora troppo avvezza agli affanni,
che soffrono i viventi,
a sì gran colpo manca la mia constanza;
agli occhi miei si smarrisce la luce,
oppresso in seno mi diventa 
affannoso il respirar.
Tremo, vacillo, e sento fra l'angoscia e il terrore
da un palpito crudel vibrarmi il core.
Sugiro ao leitor ouvir esse célebre recitativo na voz de Gundula Janowitz:
Link: https://youtu.be/eJIOY9BVWgo
Trad. Que vida é esta agora
que começo a viver!
(...)
O cenário é a estrada do Hades para o mundo dos vivos, Orfeu conduzindo Eurídice normalmente através de uma caverna escura e labiríntica. Eurídice estava morta e Orfeu decidira recorrer aos deuses imortais para recuperar a sua amada. Os deuses permitiram que Orfeu a recuperasse do Hades, desde que não olhasse para a sua face, até que eles estivessem de novo na terra. Contudo, ele foi proibido de contar porque ele a estava ignorando e ela imaginou que ele não olhava para ela porque não a amava mais. Num ímpeto, ela declara que preferiria morrer a perder o amor dele.
Gluck consegue perfeitamente refletir a dúvida que se instalou no espírito de Eurídice, que segue Orfeu a caminho do mundo dos vivos: o que é preferível para ela? Continuar na condição de morta ou ingressar no mundo dos vivos? Para ela, essa segunda opção seria um retorno à dor, pois só percebia indiferença nos gestos de Orfeu. Até então ela ignorava que ele fizera um pacto com os deuses, os quais exigiram de Orfeu, em troca do retorno dela à vida terrena, que os amantes não trocassem qualquer olhar no caminho de volta...
Gluck utiliza, para tanto, a tradicional forma musical estruturada em três seções, denominada ABA', sendo a terceira uma repetição com variações da primeira, em contraste com a seção intermediária.
Letra de Che fiero momento
Che fiero momento,
Che barbara sorte,
Passar dalla morte 
A tanto dolor!

Avvezzo al contento
D'un placido obblio,
Fra queste tempeste
Si perde il mio cor.
Io vacillo, io tremo...

Che fiero momento,
Che barbara sorte,
Passar dalla morte
A tanto dolor!

Trad. Que momento terrível,
Que destino cruel,
Passar da morte
A tanto sofrimento!

Eu estava acostumada à paz
De um tranquilo esquecimento;
porém nessas tempestades
meu coração se perde.

Que momento terrível,
Que destino cruel,
Passar da morte
A tanto sofrimento!


³  "Ombra mai fu" é a ária de abertura da ópera "Xerxes", de Haendel, datada de 1738. Originalmente composta para ser cantada por um castrato soprano, tem sido frequentemente arranjada para outros tipos de voz e instrumentos, sob o título "Largo de Xerxes" ou "Largo de Haendel",  apesar de no movimento original estar assinalado larghetto. Na ópera, a ária é precedida por um curto recitativo accompagnato de 9 compassos correspondendo a 6 versos, preparando a cena que vem a seguir, a saber: 
Letra de Ombra mai fu
Recitativo: Frondi tenere e belle 
del mio platano amato 
per voi risplenda il fato.
Tuoni, lampi, e procelle
non v'oltraggino mai la cara pace,
né giunga a profanarvi austro rapace.
Ombra mai fu...
Trad. do Recitativo: Ramos tenros e belos
do meu amado plátano,
para vós brilhe o destino.
Trovões, raios e tempestades
não irão nunca ultrajar a vossa querida paz,
nem o austro voraz  possa profanar-vos.

⁴  "O mio babbino caro" (Oh, meu papai querido) é uma ária para soprano da ópera "Gianni Schicchi" (1918), de Giacomo Puccini, e uma de suas composições mais conhecidas.

73 comentários:

Francisco José dos Santos Braga (compositor, pianista, escritor, gerente do Blog do Braga e do Blog de São João del-Rei) disse...

Considero extremamente importante fazer um registro das grandes festividades por razões sentimentais, históricas e sociais.
O link abaixo traz uma crônica sobre importante evento denominado TROFÉU ORFEU, na sua 2ª edição, patrocinado pela ADL-Academia Divinopolitana de Letras.
No primeiro dia (10/03/2016), o evento contou com a participação artística da cantora lírica Rute Pardini. Nesse dia, basicamente as mídias de Divinópolis e os colaboradores da ADL foram homenageados com a entrega do troféu.
No segundo dia (11/03/2016), a organização do evento concedeu o troféu a pessoas que se destacaram em meio à comunidade artística e cultural de Divinópolis. A parte musical esteve a cargo do Coral Municipal de Divinópolis e do grupo Os Seresteiros do Amor, que animaram.

Cabe-me, como partícipe e animador do encontro, parabenizar a ADL pela bela demonstração de bom gosto e refinada sensibilidade, nas pessoas do idealizador do projeto "Troféu Orfeu", Acadêmico Augusto Fidelis, e presidente Acadêmico João Carlos Ramos, a quem rendo minhas homenagens.
Cordial abraço,
Francisco Braga

José Antônio de Ávila disse...

Meus cumprimentos ao casal de amigos Rute e Francisco pelo recebimento do troféu e participação musical no evento! Parabéns para a Academia Divinopolitana de Letras, entidade promotora dos festejos! Por fim, cabe mais um cumprimento especial ao autor da crônica que registrou de maneira formidável os fatos!

José Antônio de Ávila disse...

Meus cumprimentos ao casal de amigos Rute e Francisco pelo recebimento do troféu e participação musical no evento! Parabéns para a Academia Divinopolitana de Letras, entidade promotora dos festejos! Por fim, cabe mais um cumprimento especial ao autor da crônica que registrou de maneira formidável os fatos!

João Carlos Ramos (poeta, escritor, gestor cultural, presidente da Academia Divinopolitana de Letras e Sócio Correspondente da Academia de Letras e do IHG de São João del-Rei) disse...

RUTE PARDINI

Por João Carlos Ramos-Presidente da ADL-Academia Divinopolitana de Letras

Rute Pardini
desce
aos portões do abismo
e com seu canto sublime
transporta ORFEU
para o encontro com EURÍDICE...
Cérbero e Perséfone,
extasiados...
se emudecem...
Hades,outra alternativa
não tem,
ao ver a estrada de ouro
no lugar dos portões
que se fizeram pó.
(Os amantes retornam
ao mundo real)
...Ainda hoje
se ouve
o mavioso canto
de Rute Pardini,
diante do imenso
mar do BRAGA.

José Carlos Hernandez Prieto (tradutor, escritor, articulista, membro do Instituto Histórico e Geográfico e da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Ficamos contentes por mais este sucesso do par Rute Pardini e Francisco Braga. Parabéns! Gina e José Carlos.

Prof. Fernando Teixeira (advogado, professor universitário, escritor e Secretário Geral da Academia Divinopolitana de Letras) disse...

A acuidade do repórter e a erudição do intelectual marcam seu texto sobre o Troféu Orfeu da ADL. Com sua licença, vou copiá-lo para figurar nos arquivos de nossa casa de letras. Fiquei feliz sobretudo com a alegria da Rute pela merecida homenagem. Meu abraço amigo. Fernando Teixeira

Joana Rios (antropóloga, adesguiana, professora universitária federal, colaboradora com o blog Pé de Poesia na Bahia e membro correspondente da Academia Divinopolitana de Letras) disse...

Como acadêmica, antropóloga, adesguiana e professora universitária federal, acho de grande valia o trabalho cultural.
Quero parabenizá-lo pelo evento.
Em prol do bem estamos agindo longe e dentro da cidade, para que os brasileiros acordem para a realidade.
Continue na ativa valorizando todos que atuam em prol do desenvolvimento humano.
Atenciosamente,
Joanah Rios

Massuê e Ângela (massagistas de São Paulo) disse...

Rute: Nós gostaríamos de parabenizá-la pelo Troféu Orfeu. Muito lindo!
Mais uma vez parabéns para o maestro Francisco e para a "prata da casa" Rute.
Estamos muito felizes com nossos queridos amigos, neste momento tão especial.

Alice Furtado (amiga de Divinópolis) disse...

Rute, minha linda, que prazer em vê- la! Está cada dia mais linda! Muito chique! Lindo! Vc é uma artista! Adorei! Vc estará sempre em nossos corações. Parabéns !!!!🙏👏🙏Que Deus continue abençoando MT vcs.

Augusto Fidelis (poeta, escritor, promotor e gestor cultural e ex-presidente e membro da Academia Divinopolitana de Letras) disse...

Caríssimo Francisco Braga,

Fiquei encantado com a sua crônica e, sobretudo, pela generosidade conosco. Muito obrigado por sua presença e da Rute, que vez imensurável sucesso. Obrigado por tudo.

Abraço

Augusto Fidelis

Anônimo disse...

Anúncio da jornalista Sônia Terra, do Jornal Agora de Divinópolis, edição de 24/02/2016, p. 8, coluna social PRETO NO BRANCO:
"CLÁSSICO
Um trecho da ópera "Orfeu e Eurídice" na voz da soprano Rute Pardini e do maestro Francisco Braga será uma das atrações da solenidade de entrega do Troféu Orfeu, a premiação da Academia Divinopolitana de Letras (ADL). A segunda edição, agora sob o comando do presidente João Carlos Ramos, será realizada no dia 10 de março às 19h, na Câmara Municipal. O Jornal Agora e a editora Gisele Souto serão homenageados."

Massuê e Ângela (massagistas de Shiatsu e Do In de São Paulo) disse...

Massuê e Ângela (massagistas de Shiatsu e Do In de São Paulo) disse...
Rute: Nós gostaríamos de parabenizá-la pelo Troféu Orfeu. Muito lindo!
Mais uma vez parabéns para o maestro Francisco e para a "prata da casa" Rute.
Estamos muito felizes com nossos queridos amigos, neste momento tão especial.

Regina Beatriz Silva Simões (psicóloga são-joanense, psicanalista, mestre em Psicologia, autora dos livros "A mulher de 40 - sua sexualidade, seus afetos" e "Final de Análise") disse...

Muito bem, Francisco! Continue nos mantendo informados. Parabéns, mais uma vez a Rute e a você. Abraço,

Regina Beatriz

Musse Hallak (pianista, jornalista e membro da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Ao estimado casal Francisco Braga e Rute Pardini,

Nossas congratulações.

Lamentei não poder estar presente à solenidade, tendo em vista que estou com hópsedes em minha pousada, o que me impediu de viajar.

Mas, receba nossas sinceras felicitações.

Essa apresentação musical só vem mais enaltecer nossa São João del Rei.

Abraços,

Musse e Sônia

José Cláudio Henriques (escritor, jornalista, dono de O Grande Matosinhos, ex-presidente da Academia de Letras de São João del-Rei e atual presidente do IHG local) disse...

Parabéns a Francisco Braga, Rute Pardini, Rogério Medeiros e a todos mais que contribuem com a cultura e a arte brasileira.

Att. Jose Claudio Henriques – Presidente do IHG de SJDR

Paulo José de Oliveira (escritor, Presidente da AFL-Academia Formiguense de Letras e do CLMM-Clube Literário Marconi Montoli e Diretor Secretário da FALEMG-Federação das Academias de Letras e Entidades Culturais de Minas Gerais) disse...

Muito obrigado nobre Acadêmico amigo, pela honrosa noite, companhia e fidalguia! Vocês brilharam! Que os bons ventos nos conduzam a frutíferos e felizes tempos vindouros! Um grande abç a você e Rute.

Att.,
Paulo José de Oliveira - Presidente da AFL-Academia Formiguense de Letras

José Ribas da Costa Filho (antiquário e militar da Aeronáutica) disse...

PARABÉNS,AMIGOS.

Ribas

Prof. Fernando Teixeira (professor universitário, escritor e membro da Academia Divinopolitana de Letras, onde é Secretário Geral) disse...

Realmente, Braga. A apresentação da Rute mostrou seu valor e nos encheu de orgulho por privar de sua amizade e dela.
Fernando Teixeira

Maria Auxiliadora Muffato (poetisa) disse...

Aos amigos Rute e Braga os nossos cumprimentos pelo sucesso
da apresentação: Rute, brilhante soprano; Braga, talentoso pianista.
Bravo! Parabéns!
A vocês nossa admiração.
Gina e José Carlos

Eudóxia de Barros (pianista e membro da Academia Brasileira de Música) disse...

Muito grata, parabéns à Sra. Rute Pardini .

Cordial abraço,

Eudóxia.

Maria Lúcia Vilela Gonçalves (ex-diretora de escola pública, atualmente expositora e joalheira) disse...

Parabéns ao casal pelo sucesso que fazem por onde se se apresentam.. abs
Lúcia Vilela

Carlos Élcio (membro da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Parabéns ao casal!
Abs,
Carlos Élcio

Profª Elza de Moraes Fernandes Costa (terapeuta holística, pianista e gerente do Portal Concertino) disse...

Prezado Braga, boa tarde!
Obrigada pelo convite e parabéns pelo sucesso no evento.
Um abraço ao casal,
Elza

Dr. José Egídio de Carvalho (vice-presidente da ACI e vice-presidente da Academia de Letras de São João del-Rei) disse...

Bom dia.
Muito obrigado pelo gentil convite. Leve a prof. Rute MEUS cumprimentos pela merecida homenagem.

Cordialmente,
José Egídio

Artur Cláudio da Costa Moreira (escritor e ex-presidente do IHG de São João del-Rei) disse...

Prezados amigos Braga e Rute,

Agradeço-lhe, penhoradamente o convite enviado e envio meus efusivos parabéns à nossa querida Rute, mui merecedora do prêmio. Lamento não poder comparecer, uma vez que compromissos de trabalho me impedem .



Atenciosamente,

Artur Cláudio da Costa Moreira

Paulo Roberto Souza Lima (escritor e gestor cultural) disse...

Prezado Francisco Braga, bom dia. Obrigado pelo convite que gostaria muito de aceitar e estar presente. Infelizmente obrigações inadiáveis me mantêm aqui em BH até domingo. Desejo, de coração, todo sucesso para vc e a Rute, a quem parabenizo pela homenagem.
Paulo Roberto

Márcio Vicente (historiador, escritor e Secretário Municipal da Cultura de Sete Lagoas-MG) disse...

Prezado Prof. Braga:
Agradeço a gentileza do convite.

Não poderei comparecer por estar empreendendo

um viagem ao Sul.

Envio-lhe e à sua esposa, Rute, o mais cordial abraço.

Do admirador,

Márcio Vicente

Nêudon Bosco Barbosa (editor do Jornal de Minas e Revista Em Voga, membro da Academia de Letras e do IHG de São João del-Rei) disse...

Prezado Francisco Braga,

Bom dia!

A sua participação e de Rute já demonstram a importância do evento, abrilhantado pela homenagem que Rute faz por merecer.

Infelizmente não poderei comparecer em virtude de estar efetuando o fechamento da Em Voga.

Parabéns!

Fiquei muito feliz com o destaque concedido a vocês.
Desejo-lhes ótima performance!
Abraço.

Bosco.

Nicolau Bachá (baterista) disse...

Que tenham o sucesso merecido de sempre.

Saúde, paz e amor,

Nicolau

Nilton Gomes Paz (ex-professor da EAESP-Fundação Getúlio Vargas, consultor financeiro e empresário) disse...

Bom dia Chico
Queremos parabenizá-los pela conquista do Torféu Orfeu 2016, o que
reflete o reconhecimento dos benefícios de sua participação social.
Tão mais valorizado é tratando-se de uma Instituição de elevado nível
cultural como a Academia Divinopolitana de Letras.
Impossibilitados de estarmos presentes, apresentamos nossos
cumprimentos, desejando-lhes muita paz e felicidades, relembrado-os
que os estamos aguardando.
Um grande abraço

Atte.
Nilton Gomes Paz
48 9987 2580 (tim)
48 3626 3707
www.dehonplast.com.br

Carlos Fernando dos Santos Braga (administrador, funcionário da Casa da Moeda no Rio de Janeiro, cedido à UFSJ-Universidade Federal de São João del-Rei, e ex-Chefe de Gabinete do MARE-Ministério da Administração e Reforma do Estado em Brasília) disse...

Queridos Francisco e Rute,
Parabéns por mais essa vitória em suas vidas. Que Deus os proteja sempre e continue os iluminando.
Sempre seus, Nando, Maria do Carmo e Olavo.

Dr. Eduardo Lopes de Oliveira (advogado em Belo Horizonte) disse...

Francisco José Braga,
Sucesso na apresentação artística.
O meu abraço p/ você e Rute.
Eduardo.

Prof. Ulisses Passarelli (escritor, folclorista e gerente do blog Tradições Populares das Vertentes) disse...

Muito obrigado pelo convite. Mais uma grande e merecida conquista. Parabéns, estimado Braga e Rute Pardini. Deus os guarde!
Abç. cordial,
UP

Dr. Lúcio Flávio Baioneta (conferencista e proprietário da Análise Comercial Ltda) disse...

Meu prezado amigo FJSBRAGA , agradeço lhe o convite e aproveito para parabeniza los pela conquista de mais este troféu.
Meus cumprimentos a D. Rute.
Abs Lucio Flávio

Zélia Mendonça (artista plástica e expositora) disse...

Prezados amigos Rute e Francisco,
fico muito feliz com o convite. Mas, infelizmente não poderei ir, estou dobrando turnos para terminar uma instalação que farei no Museu Mineiro, em Belo Horizonte.
Parabéns pelo evento, e por serem tão envolvidos com a cultura. Estarei aqui, prestigiando vocês em orações.
Grande abraços da amiga,
Zélia

Hélio Petrus (ex-prefeito e atualmenteescultor de Mariana) disse...

Distintos Amigos
Francisco Braga e Rute Pardini,

De há muito venho acompanhando o sucesso do casal amigo. Estarei espiritualmente presente à merecida homenagem conferida à Rute, estendida também, por justiça, ao seu parceiro musical, grande maestro e intelectual Francisco Braga.
Abs do Hélio Petrus.

Prof. José Lourenço Parreira (professor, capitão do Exército, violinista, regente, escritor e palestrante) disse...

Caríssimo amigo, agradeço-lhe a gentileza do Convite e, uma vez mais honrado com sua lembrança, louvo a atuação cultural do querido casal que
enriquece as letras e a música de nossa querida Terra Natal.
José Lourenço Parreira

Zélia Mendonça (artista plástica e expositora) disse...

Prezados amigos,
fico feliz por vocês.
Estou certa que Rute nasceu para brilhar, ela é muito especial.
Que Deus os abençoe!
Zélia

Dra. Elizabeth dos Santos Braga (especialista e pós-doutorada em Educação e Vigotsky, pela Universidade de Oxford, e professora de pós-graduação da USP, conferencista) disse...

Muito bom!
Deve estar sendo tudo muito emocionante! Aproveitem!
beijos,
Beth

Regina Beatriz Silva Simões (psicóloga são-joanense, psicanalista, mestre em Psicologia, autora dos livros "A mulher de 40 - sua sexualidade, seus afetos" e "Final de Análise") disse...

Francisco e Rute,

eu tinha certeza do sucesso! Parabéns!

Carinhosamente,

Regina Beatriz

Prof. Mário Celso Rios (professor, escritor, conferencista e presidente da Academia Barbacenense de Letras) disse...

BRAGA & RUTE, votos sinceros de vida e saúde! Também neste dia nossos cumprimentos pela homenagem a lhes ser tributada pela comunidade cultural divinopolitana!
Abraço, M. Celso
Nota: Recomendações ao Augusto e na lembrança: Edite Silva, Jadir Vilela de Souza, Mercemiro Oliveira e Silva e outros.

Roseane Cruzeiro (clarinetista) disse...

Bom dia, Francisco!
Que alegria! !
Felicidades à Rute e a você!
Parabéns pelo prêmio!
Infelizmente não poderemos comparecer, mas agradecemos o convite.
Um grande abraço a vocês!
Roseane, Antonio Fabio e Apolo.

Katia Demartino (amiga residente em Nápoles) disse...

Congratulazioni Rute ...sei nei nostri cuori e siamo fieri di te
Un bacio grande
Katia

Diego Mendonça (pintor e pastor) disse...

Nossa... que legal....
Parabenssssss
Abraços

Nilton Gomes Paz (ex-professor da EAESP-Fundação Getúlio Vargas, consultor financeiro e empresário) disse...

Oi Francisco/ Rute
Parabéns pela premiação com o TROFÉU ORFEU 2016 na ADL. Ficamos
felizes pelo sucesso e realização de nossos amigos, que apesar do
tempo e distância permaneceram sempre bastante íntimos.
Estamos nos programando para recebê-los em Floripa quando assim o
desejarem. Minhas filhas moram lá, e dispomos de oferta de lugares
maravilhosos, pra enloquecer qualquer "UAI".
Programem-se, estamos aguardando.
Um grande abraço.

Atte.
Nilton Gomes Paz
48 9987 2580 (tim)
48 3626 3707
www.dehonplast.com.br

Alaor Barbosa (escritor, contista, romancista, jornalista, membro do IHG-DF e da Academia Goiana de Letras) disse...

Agradeço por ter me comunicado e convidado. Meus parabéns à querida Rute.
Alaor Barbosa.

Dolores Olívia Ferraz de Oliveira (membro da Conselho Municipal de Patrimônio de São João del-Rei) disse...

Parabéns, muito bem merecido!!! Abraços Dolores

Prof. Adriano Benayon (escritor, palestrante, ensaísta, articulista, economista, ex-diplomata, ex-professor de Economia da UnB e ex-Consultor Legislativo do Senado Federal) disse...

Parabéns ao distinto casal, promotor de cultura.

Abraços,

Adriano Benayon

Amanda Saleh (funcionária do BB em São João del-Rei) disse...

Muito lindo, Rute! Vocês são artistas de altíssima qualidade. Parabéns!

João Carlos Ramos (poeta, escritor, gestor cultural, presidente da Academia Divinopolitana de Letras e Sócio Correspondente da Academia de Letras e do IHG de São João del-Rei e da Academia Lavrense de Letras) disse...

Caríssimo amigo, maestro Francisco Braga,
Boa noite!
Acabei de constatar a publicação de meu poema em homenagem ao casal Francisco e Rute.
Criei um poema em que Rute superasse Orfeu, conseguindo trazer Eurídice do inferno á vida, sem olhar para trás, acompanhada de um homem que tocava como Orfeu, encantando tudo e todos.
Consegui.
Esse poema é uma sobremesa após o banquete do "Orfeu/2016".
Estou impressionado com a repercussão do evento a nível até internacional.
Sua crônica é do mesmo nível do maior cronista brasileiro, Rubem Braga.
Parabéns!
Obrigado!

JOÃO CARLOS RAMOS-PRESIDENTE DA ACADEMIA DIVINOPOLITANA DE LETRAS

Anônimo disse...

Ao merecido laureado casal Francisco Braga e Rute Pardini, que mais uma vez enaltece nossa São João del Rei em outras plagas deste país, com a sua arte e cultura musical, meus parabéns.

Felicito mais, ao nosso Ilustre Acadêmico, pela maravilha de sua crônica, qual, com a sua leitura, transporta-nos ao clima e ao próprio ambiente de toda aquela solenidade.

Parabenizo, ainda, a Academia Divinopolitana de Letras pelas iniciativas de sempre nos certames culturais, artísticos e sociais.

Musse Hallak

João Carlos Ramos (poeta, escritor, gestor cultural, presidente da Academia Divinopolitana de Letras, Sócio Correspondente da Academia de Letras e do IHG de São João del-Rei e da Academia Lavrense de Letras) disse...

Prezado Braga,
Bom dia!
Muito me alegram a alegria e o entusiasmo de você e da senhora Rute, sua esposa.
Parece que ela recebeu um OSCAR, tal é visível sua emoção.
Prometi que Divinópolis a aplaudiria de pé e que as notas de seu teclado seriam ouvidas e lembradas durante décadas.
Estou na área cultural há 30 anos em Divinópolis e nunca presenciei noites tão representativas, lindas, inspiradas e luxuosas
como as duas noites da entrega do Orfeu/2016. O brilho dos olhos das mulheres iluminavam nossas esperanças e os homens se preparavam para a grande repercussão midiática.Todos finamente vestidos e o universo conspirando a nosso favor...
Parecia que estávamos em Viena em um show imperdível. O Orfeu/2016 é digno de um livro,digno de um documentário cinematográfico e de um jantar festivo pós-evento.
Sucesso!

Ruth do Nascimento Viegas (presidente do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de São João del-Rei) disse...

Prezado amigo,
Parabéns pela belíssima atuação. Rute é incrível e vocês são um orgulho para todos nós que temos a alegria de conhecê-los e compartilhar deste sucesso.
Carinhosamente,
Ruth Viegas

Paulo Roberto Souza Lima (escritor e gestor cultural) disse...

Um grande e fraterno abraço e parabéns para vcs.
Paulo

Abgar Campos Tirado (professor, ex-diretor do Conservatório Estadual de Música Pe. José Maria Xavier, comentarista (sacro) , cerimonialista, compositor, pianista, escritor, membro da Academia de Letras são-joanense e da Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais e sócio honorário do IHG são-joanense) disse...

Querida Rute,
Com que alegria recebi a notícia de sua conquista do troféu Orfeu, em Divinópolis, na qualidade de cantora lírica; calorosas e efusivas congratulações!
Certamente, uma vez mais, você encantará o público com o belo timbre de sua voz, alicerçado em sólida técnica vocal e, sobretudo, encantá-lo-á com sua inefável musicalidade. O imortal Gluck, tendo você e Francisco como intérpretes, terá a valorização que merece.
Meu carinhoso abraço.
Abgar

Sônia Márcia (proprietária da corretora Paris Imóveis) disse...

Parabéns!
Que mérito!
Você merece!
Lindas fotos!

Beijos 👏👏👏💥✌😍

Suzana Vilela Pardini Alves (estilista e designer de moda) disse...

Oi: Deus te abençoe muito e te dê muita sorte, te alargue as fronteiras de todos os sucessos. 🙏🙏🙏🙏👏👏👏👏👏👏👏
Queria muito ir lá te ver receber o troféu, mas hoje não será possível. Desde já te desejo muita sorte e te felicito pelo prêmio que deveria ser estendido ao Francisco que tanto te incentivou e sempre te ajuda a ser melhor. Lembra quando ele disse que você nasceu pra brilhar. Tá aí! Hoje, um reflexo fortíssimo do seu brilho. Parabéns.
Suzana

Celina Maria Braga Campos (professora, orientadora pedagógica, pesquisadora, graduada em Serviço Social) disse...

Parabéns! Você merece ser reconhecida. Um grande abraço para vocês!
Celina Maria

Leandro (comerciante, gerente de um dos Restaurantes "Dona Lucinha", em Belo Horizonte) disse...

Parabéns!
Leandro

Aline Ferreira (pedagoga, professora de KUMON em São João del-Rei) disse...

Vc arrasou! Estava uma diva. Puro luxo! Parabéns, Rute, vc merece! Beijos, querida.
Aline Ferreira

Hitomi Miura Nakagawa (médica ginecologista, obstetra, especializada em fertilização in vitro) disse...

Bravo!!! Bravíssimo!!!👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
Maravilhoso começar o dia assim.😄
Hitomi

Alan Elias da Silva (ex-comandante do 38º Batalhão da PM de São João del-Rei) disse...

Boa noite, amiga Rute. Parabéns e continuado sucesso! O Ten Cel Marcelo me disse. Lembranças para o Francisco. Tudo de bom! Abçs. Alan

Maria Inês Vilela Alves (fisioterapeuta) disse...

Vc ficou linda ontem. Parabéns! 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻😘😘
Maria Inêz

Maria do Carmo Lopes de Oliveira Braga (escritora e autora de "Anita, uma vida a serviço do amor" disse...

Imagino que deve ter sido muito emocionante. Você estava linda. Arrasou! Bjs para você e Francisco.

Ana Paula Ávila (proprietária de O Relicário, em Brasília)) disse...

Parabéns ao casal pelo reconhecimento do trabalho através do troféu!
Bjs,
Ana Paula

Isabele Valência (gerente de conta do Banco do Brasil Americas de Miami) disse...

Olá Francisco e Rute, boa tarde.

Espero que estejam bem.
Obrigada por enviar o link. Estou enviando para meu e-mail pessoal para que possa assistir com a atenção devida.

Um abraço,
Isabele





Isabele Valencia

Bernardo Mauricio Diniz (professor sociologia da Fundação Educacional de Brasília) disse...

Muito obrigado, amigos! Para nós é um privilégio que Deus nos dá de ter amigos como vcs.
Um abraço!

Bernardo Mauricio Diniz (professor sociologia da Fundação Educacional de Brasília) disse...

Parabéns , fico muito feliz com essa homenagem pois nada mais é do que o reconhecimento ao esforço e profissionalismo com que vcs lidam as suas próprias vocações.

Um abraço amigo.

Zélia Mendonça (artista plástica e empresária) disse...

Parabéns aos amigos, que muito contribuem para a nossa cultura.
Recebam o meu carinho.
Abraços,
Zélia

Paulo José de Oliveira (escritor, poeta e presidente da Academia Formiguense de Letras) disse...

Parabéns a vocês nobres amigos Francisco e Rute! Realmente vocês brilham com os natos talentos que nos brindam e socializam diuturnamente. Sucesso sempre!

Com forte abraço,
Pajo

José Claret Mattioli (empresário na área de informática, escritor, membro e Coordenador da COMISSÃO PERMANENTE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING INSTITUCIONAL / CPCMI da ALL-Academia Lavrense de Letras) disse...

​Meu amigo Braga...

Junto-me à revista ao homenageá-los em suas páginas. Vocês fazem a diferença, nesse Brasil tão carente de cultura.

Meus melhores​ cumprimentos,
Claret

Ruth do Nascimento Viegas (presidente do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de São João del-Rei) disse...

Prezados.
Parabéns!!
Merecidas homenagens!
Abraços.
ruth.

Daniela Susana Giron Armas (venezuelana) disse...

Boa noite.

Parabéns queridos amigos, vocês merecem tais reconhecimentos, vocês tem talentos incríveis, linda homenagem, adorei😇.

Vou repassar para meu pai.

Abraços