segunda-feira, 4 de abril de 2016

JORNALISTA JOSÉ PASSOS DE CARVALHO É NOVO SÓCIO CORRESPONDENTE DO IHG DE SÃO JOÃO DEL-REI



Por Francisco José dos Santos Braga



Na manhã desta data de 3 de abril de 2016, na Sala Fábio Nelson Guimarães, verificou-se um fato da maior importância histórica para o Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei: o jornalista e presidente da ALL-Academia Lavrense de Letras foi submetido a escrutínio secreto dos confrades do IHG são-joanense, que aprovaram, por unanimidade, o ingresso de JOSÉ PASSOS DE CARVALHO nos quadros do sodalício, na categoria de Sócio Correspondente, após ter preenchido todos os requisitos para a sua admissão.
Toque de silêncio entoado pelo Sargento Miranda do 38º BPM
Confrades do IHG de São João del-Rei e convidados

Antes da reunião propriamente dita no recinto do IHG, todos os presentes foram convidados pelo presidente José Cláudio Henriques a assistirem à cerimônia do toque de silêncio, na pequena praça externa ao prédio do sodalício são-joanense, entoado pelo Sargento Miranda, do 38º BPM, sediado em São João del-Rei.
Presidente José Cláudio Henrique dá início à reunião

A reunião foi iniciada pelo presidente do IHG são-joanense, o jornalista e escritor José Cláudio Henriques, que convidou para tomar seu assento à Mesa dos trabalhos, ao lado dos outros membros da atual Diretoria, o jornalista, escritor e palestrante José Passos de Carvalho, o Comandante da 13ª RPM, Coronel Jesus Milagres, e o Comandante do 38º BPM, Tenente Coronel Nelson Alexandre da Rocha Queiroz.
Francisco Braga saúda José Passos de Carvalho em sua 2ª visita ao IHG

Em seguida, franqueou a palavra ao Secretário de Relações Institucionais do IHG, Francisco José dos Santos Braga, para a sua saudação ao eminente palestrante.

Francisco Braga iniciou sua saudação, informando que o presidente Henriques certamente o indicara para saudar José Passos de Carvalho por sua condição de ser Acadêmico Correspondente da Academia Lavrense de Letras em São João del-Rei. Acrescentou ainda que, diante da ordem, e como bom soldado, tinha adiado sua viagem a Brasília, para bem cumprir a missão que recebera do presidente.
Diploma de Honra ao Mérito Cultural "Professor Firmino Costa",
outorgado pela ALL ao IHG-SJDR

A seguir, Braga falou acerca da visita de cortesia que fizera Passos de Carvalho em 6 de março p.p. ao IHG são-joanense, quando fez a entrega formal do Diploma de Honra ao Mérito Cultural "Professor Firmino Costa" ao presidente José Cláudio Henriques,  representando o IHG naquela solenidade. Na mesma ocasião, Francisco Braga teve a honra de saudar o Acadêmico lavrense e de ser ouvido atentamente pelos confrades presentes.

Ainda a respeito de visita anterior de Passos de Carvalho ao IHG, Braga manifestou-se: "Queremos dizer-lhe que foi muito apreciada a sua primeira vinda a esta nossa Casa de Cultura, o que pode ser comprovado pelos e-mails que recebemos em resposta ao convite para comparecimento a esta sua palestra de hoje sobre o Tiradentes, Patrono Cívico das Polícias Civis e Militares, que passamos a citar nominalmente:

Braga: que a reunião do próximo dia 3/4/2016 possa ser elevada, como em geral têm sido os eventos desse importante IHGSJDR. Meu abraço ao J. C. Henriques e ao orador PASSOS DE CARVALHO por sua dedicação à causa maior de nossas Minas Gerais, que é a valorização de nossa História comum!
Por gentileza, comunique na reunião este nosso sinal de respeito pelo trabalho sério que é feito aí nessa Terra de TIRADENTES!
Mário Celso Rios
Presidente da ABL-Academia Barbacenense de Letras

Prezado Presidente José Cláudio Henriques,
Agradecendo pelo convite, congratulo-me com a Diretoria e associados do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei pela conferência do ilustre presidente da Academia Lavrense de Letras, Passos de Carvalho.
Trata-se de justa homenagem ao Patrono Cívico da Nação Brasileira, por ocasião das festividades da Inconfidência de Minas Gerais. 
Parabéns ao conferencista e a todos com meu abraço cordial.
Ângelo Oswaldo de Araújo Santos
Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais

Caro amigo Braga, sensibilizado, agradeço o Convite. Solicito-lhe a fineza de apresentar meus cumprimentos ao DD. Presidente da Academia Lavrense de Letras, PASSOS DE CARVALHO, em face de meu impedimento em estar presente.
Com os meus agradecimentos,
José Lourenço Parreira
Capitão do Exército

Transmita ao DD. Presidente da ALL, Passos de Carvalho, votos de felicidade e êxito na palestra a ser proferida. 
Por motivo de agenda, ficarei impossibilitado de prestigiá-lo.
Sucesso!
Obrigado,
João Carlos Ramos
Presidente da ADL-Academia Divinopolitana de Letras

Caríssimo amigo Braga,
Infelizmente tenho compromisso já agendado para o domingo, dia 3 de abril, às nove horas, ao qual não me posso furtar. Peço, se possível, justificar esta minha ausência. 
Sucesso para o evento!
Fernando Teixeira
Secretário-Geral da ADL-Academia Divinopolitana de Letras

Prezado amigo Francisco,
Boa tarde!
Acuso o recebimento do convite e expresso meu lamento pela ausência em palestra importante. Estarei fora da cidade neste final de semana.
Abrace Rute Pardini por mim.
Atenciosamente,
Artur Cláudio da Costa Moreira
Ex-Presidente do IHG-SJDR

Impossibilitado de comparecer, meu abraço ao palestrante e confrades.
Grato,
Rogério Medeiros Garcia de Lima
Desembargador do TJMG "

O Secretário Braga ainda disse, dirigindo-se a Passos de Carvalho: "Nós, confrades são-joanenses, sabemos da enorme dificuldade de sua vinda a São João del-Rei, devido a uma debilidade física, felizmente passageira, o que, em nosso entendimento, mais enaltece o seu gesto de aproximação para com esta Casa, numa evidente prova de sua elevada estima e consideração por nossos trabalhos."

Braga ainda mencionou que um dia depois de sua primeira vinda, mais exatamente no dia 7 de março p.p., a Academia Lavrense de Letras foi homenageada pelo Exército Brasileiro, através do Tiro de Guerra 04.031 com o "Diploma do Colaborador Emérito", em concorrida solenidade no auditório Lane Morton, com a presença de autoridades e de membros da Academia Lavrense de Letras.

Braga finalizou a sua saudação a Passos de Carvalho com a seguinte observação: "Os seus amigos do IHG de São João del-Rei querem manifestar a sua alegria pela valorização a que a ALL faz jus, durante a sua profícua e valorosa presidência, sendo reconhecida como entidade de inegável mérito cultural, digna de todas as honrarias e reconhecimento público." E acrescentou que, em nome do sodalício são-joanense, queria agradecer ao palestrante o púlpito e banner doados naquela data para serem utilizados doravante em suas reuniões. Passos de Carvalho, em breves e singelas palavras, explicou que aquela doação podia ser atribuída não só a ele, mas também ao Coronel Jesus Milagres e Francisco Braga, sócio correspondente da Academia Lavrense de Letras.


Passos de Carvalho profere sua palestra no IHG-SJDR

O jornalista e Acadêmico José Passos de Carvalho foi convidado a tomar seu lugar na tribuna, o qual deu então início à sua palestra intitulada ORIGENS DA MILÍCIA DE TIRADENTES, com duração previamente estabelecida de uma hora. 

Trata-se de tarefa muito difícil tentar resumir um assunto vasto e complexo que constitui um dos alentados livros do jornalista e escritor Passos de Carvalho.

Segundo o palestrante Passos de Carvalho, antes de 1775, as tropas que tínhamos eram compostas de portugueses e pagas pela Metrópole que aqui circulavam em nome do soberano português.

Chegando a Minas Gerais o governador Antônio de Noronha, Coronel de Infantaria do Exército Português, resolveu extinguir toda tropa existente, criando em 09 de junho de 1775 o RRCM-Regimento Regular de Cavalaria de Minas, com armamento adequado, oficiais e praças mais instruídos, remuneração paga pela própria Capitania e o corpo criado com estrutura semelhante ao Exército da Metrópole, com comandante, estado-maior, etc. Esse Regimento foi instalado em Cachoeira do Campo, município de Vila Rica, composto de oito companhias de cavalarias, sendo que a Sexta Companhia foi destacada em São João del-Rei, onde serviu o Alferes Joaquim José da Silva Xavier, sob as ordens do Tenente Coronel Francisco de Paula Freire de Andrade.

Vários nomes designaram a corporação e inúmeros comandantes exerceram o cargo de Comandante Geral, sendo que o primeiro Coronel da Corporação a comandá-la foi Álvaro Alvim de Menezes, em 1936. Em 1946 recebeu a designação de Polícia Militar de Minas Gerais, por força da Constituição Federal de 1946.

Atualmente a Corporação está nos 853 municípios mineiros, com atuação permanente e dentro de suas atribuições legais, agindo preventiva e repressivamente, se necessário.

Passos de Carvalho propôs que saudássemos Tiradentes, rememorando o seu nascimento em 1746 na Vila de São João del-Rei, com batismo em 12 de novembro do mesmo ano, conscientizando-nos de sua participação na vida militar e sua liderança inconteste na Conjuração Mineira, o qual acabou sendo executado, por seus ideais libertários, no final da manhã de 21 de abril de 1792, no Largo da Lampadosa, no Rio de Janeiro.

Tiradentes, esse invicto são-joanense, mineiro por excelência, teve sua infância na Fazenda do Pombal, onde nascera até perder a mãe aos 9 anos e o pai aos 11, passando a morar com seu padrinho, tendo iniciado o trabalho ainda jovem para sua sobrevivência. Foi um vulto ímpar e ainda continua sendo fonte e luz de inspiração para nós que acreditamos no País onde nascemos.

Concluída a palestra, Passos de Carvalho foi muito aplaudido pelos confrades presentes por sua palestra rica em pormenores históricos e genealógicos, tendo recebido um elogio público por parte do presidente do IHG e do Comandante da 13ª RPM.

Foi franqueada a palavra a quem quisesse dela fazer uso. O confrade Murilo Geraldo de Souza Cabral declamou um texto de Osho, o qual recomendava sempre fazer a opção por coisas que fizessem nosso coração vibrar. Em seguida, relatou como a confreira Ana Cintra e ele salvaram do vandalismo uma placa sobre um pedestal, ambos de ferro, que mostrou a todos os presentes e que constituíam uma homenagem da municipalidade são-joanense por ter caminhado de Taubaté a São João del-Rei em 2004, celebrando os 300 anos do Arraial Novo de Nossa Senhora do Pilar, objeto da capa da Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei, volume XI, Ano 2005.

A seguir, foi lido o relatório, que analisou o currículo e outros documentos entregues pelo interessado, produzido pela comissão constituída de três confrades designados: Francisco José dos Santos Braga, Nêudon Bosco Barbosa e José Cláudio Henriques,  sob a coordenação do primeiro, em conformidade com os Estatutos do sodalício.

Francisco Braga mencionou que, na solicitação de ingresso no quadro de Sócios Correspondentes do IHG, o candidato José Passos de Carvalho relacionou os seguintes motivos de pertencer à Casa de Cultura são-joanense:
a) estava convencido de que o IHG são-joanense é uma entidade de respeitabilidade nacional, administrada por pessoas íntegras na busca da pesquisa histórica e geográfica;
b) tinha interesse nas atividades desenvolvidas ali, pois há mais ou menos quarenta anos vinha desenvolvendo pesquisa histórica, possuindo livros publicados de sua autoria;
c) acreditava que sua chegada àquela Instituição poderia acrescentar mais conhecimentos aos seus trabalhos de pesquisa, permitindo-lhe descrever os acontecimentos do nosso passado com a maior fidelidade possível;
d) sabia que o ingresso no IHG são-joanense, de notória respeitabilidade, exigiria dele moldar seus desejos aos interesses estatutários daquela Instituição; e
e) acreditava que seus conhecimentos poderiam ser ampliados e adquirir melhor qualificação descritiva, haja vista o aprendizado que circulava e existia dentro daquela Casa de Cultura.

A comissão constatou ainda, com base nos documentos apresentados, que a principal ocupação do interessado era constituída pelo jornalismo, pela atividade literária e pela pesquisa. Depois de apreciar sua formação acadêmica, o relatório concluiu que, dentre os inúmeros cursos que tinha frequentado na sua juventude, três foram os cursos que iriam direcionar toda a sua vida, a partir de então: 
a) em 1979: curso de Cabos da Polícia Militar de Minas Gerais no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, em Belo Horizonte;
b) inúmeros cursos de especialização em jornalismo em Brasília (1980) e São Paulo (1982);
c) em 1984: curso de Administração de Cruz Vermelha no órgão central da Cruz Vermelha Brasileira no Rio de Janeiro. 

A comissão relatou as diversas entidades de que o interessado participava como membro ativo: ABI-Associação Brasileira de Imprensa, Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG, Cruz Vermelha Brasileira, Sociedade Teosófica Internacional, bem como AMORC-Antiga e Mística Rosacruz.

Foi também relatado que o interessado tinha militado em inúmeros órgãos da imprensa escrita e falada, cabendo destacar "A Gazeta de Lavras", onde exerceu a atividade jornalística como redator-chefe no período de 1989 a 1991, e a "Rádio Universitária FM UFLA", no período de 1985 a 1990. Digno de nota era também o fato de ter sido proprietário e diretor redator-chefe do jornal A GAZETA, fundado em Lavras em 25/03/1988.

Várias condecorações e distinções foram também recebidas e citadas no seu currículo. Mencionou ainda que Passos de Carvalho participava, como membro ativo, da ALL-Academia Lavrense de Letras, onde atualmente exercia a presidência, e da AFL-Academia Formiguense de Letras.

Entre suas obras escritas, fruto de sua experiência profissional, citou os seguintes livros publicados: Epítome Histórica da Cruz Vermelha, Fundamento Histórico do 8º BPM; Técnicas e Normas de Reportagens e Fragmentos Históricos da Milícia de Tiradentes.

A comissão finalizou o relatório com seu parecer conclusivo e favorável ao ingresso de José Passos de Carvalho no quadro social do IHG de São João del-Rei, na categoria de Sócio Correspondente, considerando as finalidades específicas do IHG-SJDR, com base em seu Estatuto.

Submetido o relatório ao escrutínio dos confrades presentes, José Passos de Carvalho foi admitido como Sócio Correspondente, por unanimidade, recebendo dos confrades presentes palmas e cumprimentos pela sua admissão.

Nada mais havendo a tratar, o presidente José Cláudio Henriques deu por encerrada a reunião, pedindo uma salva de palmas para o Pavilhão Nacional.


Da esq. p/ dir.: Passos de Carvalho, José Alberto Ferreira, Paulo Roberto de Souza Lima, Francisco Braga, Tenente Coronel Nelson Alexandre da Rocha Queiroz, Coronel Jesus Milagres, Agostinho Guimarães e José Cláudio Henriques 

Então, finalmente, José Cláudio Henriques convidou alguns confrades, o recém-admitido confrade palestrante José Passos de Carvalho e convidados a uma fotografia comemorativa à porta do IHG de São João del-Rei.






8 comentários:

Francisco José dos Santos Braga (escritor, pianista e compositor, gerente do Blog de São João del-Rei e do Blog do Braga) disse...

Tenho o prazer de enviar-lhe a crônica que escrevi sobre um fato da maior importância histórica para o IHG de São João del-Rei: o ingresso do jornalista e Presidente da ALL-Academia Lavrense de Letras, JOSÉ PASSOS DE CARVALHO, em 3 de abril de 2016, nos quadros do sodalício são-joanense, na categoria de Sócio Correspondente.

Tive a honra de proferir a saudação a José Passos de Carvalho, que compareceu também na condição de palestrante de sua pesquisa intitulada "ORIGENS DA MILÍCIA DE TIRADENTES", bem como de coordenar a comissão que analisou o seu currículo e emitiu parecer conclusivo e favorável a seu ingresso no IHG são-joanense.

É com a maior satisfação que o IHG, a partir de agora, pode orgulhar-se de possuir em seus quadros um pesquisador de grande envergadura, "expert" em História e Genealogia, natural de Formiga (tal como o sócio-fundador Tenente Gentil Palhares) e residente em Lavras.

ACADEMIA LAVRENSE DE LETRAS All disse...

Notável Confrade Francisco Braga.
Emocionado pelas sinceras palavras do notável confrade e amigo, externo os meus sinceros agradecimentos, extensivamente aos notáveis membros efetivos e correspondentes do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei, coluna mestra da pesquisa e guardião incontestável do nosso patrimônio histórico, cultural e genealógico.
Muito obrigado e conte conosco!

Passos de Carvalho,
Sócio Correspondente do IHG/SJDR

Anônimo disse...

Parabéns confrade Braga pela excelente reportagem a respeito da palestra e inserção do presidente da Academia Lavrense de Letras, escritor e jornalista José Passos de Carvalho nos quadros de sócio correspondente do IHG de SJDR. Foi um dia marcante para a história do IHG e de São João del Rei.
Att. José Cláudio Henriques - Presidente do IHG de SJDR.

Prof. Fernando Teixeira (professor universitário, escritor e membro da Academia Divinopolitana de Letras, onde é Secretário Geral) disse...

Um belo trabalho, de qualidade que não me surpreende, pois de sua lavra. Fernando Teixeira

Geraldo Ananias Pinheiro (escritor) disse...

Li a matéria. Parabéns!
Abraços.

Prof. Mário Celso Rios (escritor, conferencista e presidente da Academia Barbacenense de Letras) disse...

Caro BRAGA,

Este C-e tem também o objetivo de cumprimentá-lo por seu incansável, meticuloso e sério TRABALHO pela cultura de Minas Gerais, tendo como ponto de partida SJDR com seus homens notáveis, seus intelectuais e tantas outras pessoas que merecem ser redescobertas e valorizadas.
Portanto, votos de vida e saúde, junto à Rute e todos os que o ajudam!
Abraço, MÁRIO CELSO

Dr. Lúcio Flávio Baioneta (escritor, conferencista, proprietário da Análise Comercial Ltda em Belo Horizonte e colaborador do Blog de São João del-Rei) disse...

Meu prezado amigo FJSBRAGA, cumprimento na sua pessoa todos os membros do IHGSJDR e também o novo sócio correspondente o Sr. José Passos de Oliveira. Parabéns.
Abs Lucio Flávio

Ruth do Nascimento Viegas (presidente do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de São João del-Rei) disse...

Prezado amigo,

Magnífica crônica! Parabéns!

Abraço.

Ruth.